Dragon Ball Z: O Renascimento de Freeza Torrent

Dragon Ball Z: O Renascimento de Freeza Torrent Título Original: Dragon Ball Z: Fukkatsu no F Gênero: Animação | Aventura | Luta Tempo de Duração: 1h 13 Min. Ano de Lançamento: 2015 Servidor: Torrent Idioma: Português Legenda: N/A Qualidade: HDRip Formato: AVI Tamanho: 523 MB Áudio: 10 | Vídeo: 10 Sinopse: Baixar Dragon Ball Z: O Renascimento de Freeza Torrent – HDRip Dublado (2015) – Sorbet e Tagoma, membros remanescentes do exército de Freeza, chegam à Terra em busca das Esferas do Dragão. O objetivo é reuni-las para trazer seu antigo líder de volta a vida, que foi derrotado após uma batalha contra Goku, e morto por Trunks, o guerreiro do futuro. O plano é bem-sucedido e, com isso, Freeza retorna com sede de vingança. Agora, Goku e seus amigos terão de se unir para enviar o vilão novamente para o mundo dos mortos mas dessa vez o vilão tbm volta com os poderes de um deus O filme foi divulgado em julho de 2014, sob o título Dragon Ball Z 2015, tendo sido revelado um pôster teaser apresentando o personagem Son Goku em sua forma de Super Saiyajin utilizando a técnica do teletransporte, confirmando a presença do autor original na produção e design do personagem, sendo que a intenção do filme seria continuar a história do mangá. Também foi revelado que o longa é uma sequência de “A Batalha dos Deuses”, assim apresentando os antagonistas do longa anterior, Bills e Whis. O autor por sua vez prometeu mais cenas de ação

4Shared

adf.ly/1JeEGE

MEGA

adf.ly/1JeERs

Qualquer Gato Vira Lata 2

https://www.youtube.com/watch?v=tLmAhNXE4q8

Sinopse: Qualquer Gato Vira-Lata 2 A trama continua tendo por base a relação do triângulo amoroso apresentado no primeiro filme. Contudo, lá atrás quem levou a melhor foi Conrado, (Malvino Salvador) que termina junto a Tati (Cléo Pires). Desta vez, o casal viaja para Cancún, onde Conrado irá defender seu livro em um debate e Tati planeja secretamente pedir a mão dele em casamento. Entretanto, depois de ouvir um “Posso pensar?”, Tati se decepciona, o que renova as esperanças a seu ex namorado, Marcelo (Dudu Azevedo). Para piorar, Ângela (Rita Guedes), ex mulher de Conrado, também está no local para lançar um livro que bate de frente com o dele.

Firefox Travando descubra pra que serve e como funciona o Plugin-Container.Exe?

Firefox Travando descubra pra que serve e como funciona o Plugin-Container.Exe?

Mas como todo os navegadores pode apresentar alguns problemas no quesito travamento, devido a constante atualização devido as melhorias a partir da versão 3.6 o Firefox  recebeu o plugin-container.exe, que quando carrega o processo na memória, a função do pluginé separar do processo de alguns plugins como por exemplo o Flash, caso ocorresse um problema no funcionamento e parasse de responder, o correto seria que o Firefox continuasse funcionando.

Firefox Travando a Solução Desativar o Plugin-Container.Exe

Firefox Travando problema pode ser o Plugin-Container.exe

Um dos grandes problemas é que o plugin-container.exe comsome muito memória RAM e até um quantidade grande de processamento, quando utilizado este recurso faz com que todo o sistema trave e o sistema deixa de responder, se o computador não travar fica extramamente lento.
Quando você assiste vídeos online no Firefox como o Youtube, o plugin-container.exe consome mais recurso e memória.

Então que é a solução para evitar o travamento no Plugin-Container.Exe no Firefox?

A única solução é desativar o plugin-container.exe no Firefox.

Firefox Travando saiba como desativar o plugin-container.exe

Para desativar o plugin-container.exe siga os passos abaixo:

– digite o comando: about:config na barra de endereço do navegador Firefox
– Após digitado será exibindo o seguinte texto “Serei cuidadoso, prometo!”.
– pesquise pelo seguinte termo: dom.ipc.plugins na barra de endereço
– altere todos os valores das opções abaixo de “true” para “false”.

Segue abaixo as linhas que deverão ser alteradas para false

dom.ipc.plugins.enabled.npctrl.dll
dom.ipc.plugins.enabled.npqtplugin.dll
dom.ipc.plugins.enabled.npswf32.dll
dom.ipc.plugins.enabled.nptest.dll

Após modificado os itens ficarão conforme figura abaixo:

Firefox Travando a Solução Desativar o Plugin-Container.Exe

Para desativar o plugin-container.exe no Firefox 5 e 6

Faça o seguinte altere somente as linhas de abaixo:
– dom.ipc.plugins.enabled altere para true
– dom.ipc.plugins.java.enabled – altere para true

Estes dias o Firefox estava travando muito e apresentava erro no plugin-container.exe, pesquisei no Google e a achei a solução aqui no Blog do EdSouza.Net.

Outros Termos Pesquisados:

PES 2016 será lançado em setembro

PES 2016 será lançado em setembro


PES 2016

A Konami anunciou hoje que o próximo jogo de sua série de futebol, PES 2016, será lançado no dia 15 de setembro para PC, PS4, Xbox One, PS3 e Xbox 360. Antes nessa semana, a empresa já havia anunciado que a estrela da capa do jogo seria o Neymar.

Entre as melhorias que a empresa prometeu para o novo jogo estão um sistema avançado de colisões (“advanced colision system”), que deve mostrar divididas mais realistas, e novidades no jogo aéreo: será possível disputar posição para receber bolas altas de maneira mais próxima.

Além disso, o jogo também promete uma significativa melhoria nos gráficos, novo sistema de física, inteligência artificial mais avançada (que tornará os oponentes virtuais mais desafiadores e permitirá ao seu time montar jogadas mais complexas) e condições meteorológicas que mudam durante o jogo e afetam a partida.

o jogo rodará na Fox Engine, a mesma plataforma de Metal Gear Solid V e, graças a um acordo de três anos feito entr a Konami e a UEFA, trará o tornei Champion’s League como opção de jogo. Em breve, durante a E3 (que ocorre entre os dias 16 e 18 de junho), mais detalhes sobre o jogo – e sobre FIFA 16 – devem aparecer.

YouTube anuncia plataforma exclusiva para jogos

YouTube anuncia plataforma exclusiva para jogos



O Google anunciou hoje uma plataforma que competirá diretamente com o Twitch. O chamado YouTube Gaming será um espaço voltado especificamente para transmissões e conteúdo sobre jogos.

Haverá páginas específicas para cada jogo, sendo que existem mais de 25 mil títulos cadastrados. Cada página reúne canais, vídeos e transmissões ao vivo sobre o jogo em questão.
Os usuários poderão seguir as páginas para acompanhar cada assunto. Assim, ficarão sabendo sempre que os publicadores principais subirem algum vídeo ou quando algum dos demais conseguir subir conteúdo que chame atenção.
De acordo com o TechCrunch, a plataforma será liberada neste trimestre, primeiro nos Estados Unidos e Reino Unido. O YouTube Gaming estará disponível para web, Android e iOS.

Vale a pena migrar do Android para o Windows? E o contrário?

Vale a pena migrar do Android para o Windows? E o contrário?



Trocar de sistema operacional não é fácil. Cada um tem suas características e recursos específicos que se destacam da concorrência, mas também com algumas falhas. Por isso exploraremos o que o usuário ganha e perde ao migrar do Windows Phone para o Android ou vice-versa.

Leia o que há de diferente entre as plataformas e julgue se vale a pena fazer a migração:

O que muda com o Windows?
Você não tem mais os serviços do Google do seu lado, porque a empresa não investe um minuto sequer de sua força de trabalho para o Windows nos smartphones. Isso significa que você vai precisar se apoiar majoritariamente nas alternativas da Microsoft, que têm qualidade, mas não costumam ser tão populares quanto as opções oferecidas pelo Google.

Isso significa que você vai se ver usando o Bing mais do que o Google; o Here Maps em vez do Google Maps; o Outlook em vez do Gmail; a Cortana no lugar do Google Now; o Bing Tradutor em vez do Google Tradutor… enfim, deu para entender.

Você ganha um sistema organizado, bastante personalizável, estável e leve, que funciona bem até nos celulares baratos. Em vez dos widgets, populares no Android, você ganha os blocos dinâmicos como método de obter informações rápidas.

Você perde o suporte aos aplicativos. Será necessário esperar a boa vontade das empresas em levarem seus produtos novos para sua plataforma, porque isso não é prioridade. Novidades demoram mais a chegar até você, mesmo nos apps que já estão disponíveis no Windows. É possível recorrer a alternativas de terceiros como o 6tag, criado quando o Instagram ainda não existia na loja da Microsoft. Muitas vezes eles têm qualidade suficiente para fazer a função, às vezes com recursos que as versões oficiais nunca terão, mas a falta de suporte oficial pode fazer com que eles parem de funcionar subitamente.

Com a chegada do Windows 10, pode ser que todo esse parágrafo acima comece a mudar, já que a Microsoft está fazendo de tudo para facilitar a vida das empresas na hora de desenvolver e publicar apps em sua loja. Só o tempo dirá a real efetividade do projeto.

Vale também observar que o Windows é altamente integrado com as redes sociais em um nível que nenhum outro sistema operacional é.

O que muda com o Android?
Lembra que o Google não investia no Windows? Bom, o mesmo não pode ser dito da Microsoft no Android. A empresa investe seu tempo em todas as plataformas, o que significa que você não vai sentir falta de praticamente nenhum de seus produtos em qualquer sistema que você escolha. Até mesmo a assistente Cortana já foi confirmada como multiplataforma.

Assim como o Windows Phone, o Android é altamente personalizável, mas de um modo diferente, permitindo escolher entre interfaces inteiras diferentes, com launchers dos mais diversos.

O sistema, no entanto, não é tão leve quanto a alternativa da Microsoft, o que significa que você precisa de um hardware um pouco mais parrudo para ter uma experiência satisfatória. Não espere ter um bom aparelho Android por menos de R$ 600.

Você será o segundo em relação a prioridade na hora de receber novos aplicativos e recursos para os apps já existente. Você só perderá para o iOS, porque o sistema da Apple ainda gera mais dinheiro para os desenvolvedores de modo geral. No entanto, a distância entre Android e iOS neste sentido é bem pequena. Se em uma semana o app saiu apenas para iPhone, em algumas semanas ele deve ser liberado para a plataforma do Google. Enquanto isso, no Windows, a resposta para “quando X vai sair para Windows Phone?” normalmente é “só Deus sabe”.

Um defeito, no entanto, é o fato de que você ficará refém da fabricante do seu aparelho e talvez da sua operadora na hora de receber uma atualização do sistema, enquanto isso acontece de forma mais simples no ecossistema da Microsoft.

Hackers possuem dados de todos os funcionários federais dos EUA, diz sindicato



O sindicato dos empregados públicos dos Estados Unidos afirmou que os hackers que invadiram a base de dados do governo têm informações pessoais de todos os funcionários pessoais do país.

Nesta sexta-feira a organização enviou um e-mail às autoridades americanas afirmando que os criminosos acessaram o Social Security Number – número de identificação – de todos os empregados.”Os hackers têm agora os dados pessoais de cada funcionário federal, de cada aposentado.”, destaca o e-mail. Com os números, é possível obter informações como endereços, datas de nascimento, valor de salários e dados militares.

De acordo com o presidente do sindicato, David Cox, os números de identificação não estavam codificados, falha de segurança classificada por ele como “absolutamente escandalosa e indefensável”.
Na semana passada o governo americano admitiu que hackers acessaram os dados de ao menos 4 milhões de funcionários e ex-funcionários do governo federal. O ataque foi atribuído à China, que negou a autoria.

Via AFP

Microsoft libera correção de 8 falhas de segurança. Veja quais são elas



A Microsoft divulgou nesta semana 8 novos boletins de segurança para solucionar vulnerabilidades no Windows e em programas associados à plataforma. De acordo com a empresa, duas foram classificadas como críticas e seis como importantes. Confira quais são elas:

1. Atualização de segurança cumulativa para o Internet Explorer Critical (boletim MS15-056 )
Resolve 24 vulnerabilidades no Internet Explorer. A mais grave delas poderia permitir a execução remota de código se um usuário exibir uma página da Web especialmente criada usando o navegador. A atualização impede que um site malicioso para acessar o histórico de navegação, enquanto a adição de validações de permissões adicionais.

2. Vulnerabilidade no Windows Media Player (boletim MS15-057 )
A falha pode permitir execução remota de código se o Windows Media Player abrir um conteúdo específico hospedado em um site mal-intencionado . Um invasor que explorar com êxito essa vulnerabilidade poderá assumir o controle total do sistema remotamente.

3. Vulnerabilidades no Microsoft Office (boletim MS15-059 )
Esta atualização de segurança elimina vulnerabilidades no Microsoft Office. A mais grave delas pode permitir a execução remota de código se um usuário abrir um arquivo do Microsoft Office especialmente criado. Um atacante que tenha conseguido explorar as vulnerabilidades pode executar um código arbitrário no contexto do usuário atual. Os clientes cujas contas são configuradas com poucos direitos de usuário no sistema correm menos riscos do que aqueles que possuem direitos administrativos.

4. Vulnerabilidade nos controles comuns da Microsoft (boletim MS15-060 )
A falha pode permitir a execução remota de código se um usuário clicar em um link especialmente criado, ou um link para o conteúdo projetado especialmente, em seguida, invoca as Ferramentas de Desenvolvedor F12 no Internet Explorer.

5. Vulnerabilidades no modo drivers do kernel do Windows (boletim MS15-061 )
A vulnerabilidade pode permitir a elevação de privilégio se um invasor fizer logon no sistema e executa um modo de aplicativo especialmente criado do kernel . Um intruso poderia então instalar programas , visualizar, alterar ou excluir dados; ou criar novas contas com direitos totais de usuário.

6. Vulnerabilidade nos Serviços de Federação do Active Directory (boletim MS15-062 )
A vulnerabilidade permitir a elevação de privilégio se um invasor enviar uma URL especialmente criado para um site de destino. Em situações específicas, um roteiro especialmente concebido não é adequadamente limpo, o que poderia, posteriormente, levar para o atacante executar um roteiro no contexto de um usuário que exiba o conteúdo mal-intencionado segurança.
Para ataques cross-site scripting (XSS) , esta vulnerabilidade requer que o usuário visite um site comprometido por qualquer ação mal-intencionada.

7. Vulnerabilidade no Kernel do Windows (boletim MS15-063 )
A falha pode permitir a elevação de privilégio se um invasor colocar um arquivo DLL malicioso em um diretório local no computador ou em um compartilhamento de rede. O invasor, em seguida, teria que esperar para que o usuário execute um programa que pode carregar um arquivo .dll malicioso , resultando em aumento de privilégios.

8. Vulnerabilidades no Microsoft Exchange Server (boletim MS15-064 )
Esta atualização de segurança elimina vulnerabilidades no Microsoft Exchange Server. A mais grave das vulnerabilidades pode permitir a elevação de privilégio se um usuário autenticado clicar em um link para uma página especialmente criada. Não há como o invasor forçar os usuários a visitarem o site mal-intencionado. Ao invés, um atacante teria que convencer os usuários a clicarem em um link, geralmente na forma de atrativos em uma mensagem de chat ou email

PROJETOS SECT EM DESTAQUE NO JORNAL O GLOBO

Blog da Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia

Projetos da Secretaria de Ciência e Tecnologia da Cidade do Rio de Janeiro são destaque na edição do jornal O Globo do último domingo (24/maio). Prêmio do Fórum de Cidades Inteligentes (ICF) e Naves do Conhecimento, entre outras iniciativas, ocuparam toda a página 5 da edição do jornal carioca. Leia tudo no link abaixo:

Ver o post original